segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O que a Joan Jett disse para inspirar a Kristen em TR?

image Kristen Stewart faz uma pausa antes de articular as palavras exatas ditas a ela por Joan Jett quando ele carregava a guitarra para interpretar a roqueira nos anos 70. Poderíamos até dizer que a estrela de Twilight parece um pouco hesitante, apesar da calça preta justa, e casaco de capuz preto qu deixam ela com um ar de durona do tipo a prova de balas. E sem surpresa, quando as palavras finalmente saem, elas são pesadas – pra não dizer obscenas.

 

“Ponha a sua … na madeira! Transe com a guitarra!” disse Stewart, citando Jett.

As palavras podem parecer um pouco duras, mas para Stewart, ter Jett para ensinar a sua sabedoria rock ‘n’ roll no set de The Runaways foi um presente dos deuses.

Stewart interpreta Jett no novo filme enquanto Dakota Fanning faz o papel do novo tipo de sex symbol, Cherie Currie. Ambas as jovens atrizes disseram já serem familiarizadas com Jett antes de aceitarem o papel, mas que a história das Runaways era nova para elas.

“As pessoas não se dão conta de que a The Runaways trouxe as primeiras meninas cantando daquele jeito. E sério, podia ser sido qualquer pessoa, mas foram elas (e descobrindo o porquê disso) deu um filme interessante,” disse Stewart.

“Ambas (dessas mulheres tem) uma sexualidade dominante. Elas tiveram que lutar,” disse Stewart. “as pessoas gostam que as mulheres sejam sexy e elas eram naquela época também, mas de maneira diferente. Eles não queriam que elas comandassem o sexo. Eles queriam com** elas.”

image

Stewart disse que incorporar Jett por várias semanas mudou a maneira com que ela aborda a visão que a sua geração tem da sexualidade.

Por um lado, ela reconhece o que Jett e Currie alcançaram em termos de quebrarem muitas barreiras que dividiam os gêneros, mas por outro lado ela também entende como a geração de hoje de jovens mulheres talvez estejam super-compensando a mistura da energia masculina e feminina em tentar atingir o outro extremo.

 “Normalmente, essas meninas em botas de salto alto e saias curtas podem estar super-compensando tipo ‘Eu posso fazer o que os meninos fazem’. Não quero dizer que as meninas não são mais excluídas por isso, e também não é que eu tenha altas teorias sobre isso também – mas é estranho – (porque) nós nunca somos (tipicamente) as agressoras, que as meninas façam o que os meninos fazem agora, e talvez não seja saudável. Sabe do que eu estou falando?”

image

É uma área difícil para qualquer um falar, em especial uma jovem mulher com tantas obrigações demográficas e contratuais que tem a estrela da franquia Twilight.

Mas Stewart não dá pra trás. Ela até parece gostar da oportunidade de falar um pouco de Bella Swan aqui em Sundance reafirmando que ela é em primeiro lugar uma atriz séria, e num segundo lugar bem distante uma sensação adolescente. “Eu tenho uma base de fãs que amam a Bella, e eu também amo, só que eu não sou ela.” Disse Stewart.

“Eu não acho que as pessoas esperam que eu, pelo resto da minha vida, tente agradar um público que um dia gostou de Twilight, vocês sabem o que eu quero dizer, isso seria loucura. Isso acaba sempre sendo pra mim um pensamento secundário. Eu decido fazer um filme e e daí fico, oh, os fãs de Twilight vão reagir a isso ou qualquer coisa assim, mas é secundário. Eu não me planejo de acordo com o que as pessoas vão achar. Eu faço pela experiência,”

Stewart disse que a história de Jett é uma história universal sobre poder, e uma que todos podem aprender com ela. E é por isso que ela acredita em não censurar suas próprias decisões, a arte por si só, só para satisfazer o seu público vampiro – mesmo que parte de The Runaways exigisse um beijo entre meninas entre as duas protagonistas.

image

“As pessoas sempre vão achar o lado esquisito, e digno de falatório em um filme. Mas eu não acho que seja realmente relevante. Não é uma relação romântica. Ela são melhores amigas e e tem uma história de amor relâmpago, e elas se dão conta disso. Ela sabem que é legal no momento… mas depois elas nem conversam a respeito.”

Stewart disse que como atriz, a cena do “agarramento” não foi nem a imageparte mais desafiadora daquele dia de filmagens.

“Nós estávamos fazendo uma cena de uma música naquele dia, I love playing with fire,… e eu estava bem bem mais preocupada com aquilo.” Disse Stewart, que aprendeu a cantar e tocar guitarra para corresponder às suas próprias expectativas profissionais de perfeição.

“Embora eu me lembro de alguns extras que ficavam tirando fotos, (e aquilo) me irritou profundamente.”

 |Fonte

Orlando Bloom, uiii, fala sobre o Robert

orlando-bloom-fala-sobre-a-falta-de-privacidade-de-robert-pattinson

Orlando disse que continua de fora de tudo

isso. “Eu não consigo imaginar o quão desagradável é isso”. Sr. Bloom relembrou como foi seu inicio em Hollywood e o quão popular ele ficou depois de “Lord of the Rings”.

imageE como ele lidou com isso?

“Eu me mantive ocupado com o trabalho,mas agora,é louco!Olhe aquele cara,o Robert Pattinson. O pobre homem não pode ir a nenhum lugar agora!”

 

|Fonte

Joan, Kris, Dake e Cherrie em entrevista para a AP

CH CH CH CH CH CHERRY BOOOOMB!!!

Auto-retrato da Kristen

Image and video hosting by TinyPic

Partes finais da entrevista da Dakota e da Kristen para a MTV no Sundance 2010

Novos Portraits da Kiki e da Dakota no Sundance 2010

Image and video hosting by TinyPic

imagebam.com imagebam.com imagebam.com
imagebam.com imagebam.com imagebam.comimagebam.com

 

 

 

 

imagebam.com

  
imagebam.comimagebam.com

 

 

 

 

imagebam.com

Joan, Kristen, Dakota nos bastidores da premiere de TR

Image and video hosting by TinyPic

free image hostfree image host

Entrevistas legendadas da Kiki e da Dake no Sundance 2010

Sincronia Robsten : O tênis …

Robert Pattinson e Kristen Stewart foram vistos com o mesmo ou muito parecido modelo de tênis. Como você pode ver na foto abaixo, Robert estava em Londres e Kristen em Utah.

|Fonte

Fotos da Kris e da Dake depois da premiere de TR no Sundance 2010

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Robert ficará nu em Bel Ami – leia o trecho do script

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Tradução trecho do roteiro:

Interna Sótão – Pôr do Sol

Uma cama.

É uma estreita, antiga cama, com uma moldura de ferro arqueado. Avançando por lençóis brancos sujos, uma mancha negra. Uma barata.

Lisa, brilhante, que negocia com as montanhas e vales dos lençóis.

Assistindo sua aproximação, virado para baixo, inerte, está o outro ocupante da cama: Georges Duroy, 30 anos, bonitão, e, nesta noite sufocante, nu.

Ele explode em ação. Joga a barata para o chão, agarra uma bota e esmaga o sapato para nela.

|Fonte

Vídeo NM: As alucinações da Bella

Vídeo Robsten: Eu não posso viver sem o seu amor

música: I can’t live without your love – DAN TORRES

Vídeo legendado da Kristen na premiere de TR no Sundance 2010

Vídeo da Kristen na premiere de WTTR no Sundance 2010

Vídeos da Kristen e da Dakota na premiere de TR no Sundance 2010

Vídeo da Kristen e da Dakota respondendo perguntas sobre TR

Kristen: team Joan ou team Bella?

Em qual time ela está?

Quando se trata de interpretar uma apaixonante personagem da vida real ou uma apaixonante personagem fictícia, Kristen Stewart se declara Team Joan ao oposto de Team Bella. Stewart, que interpreta Joan Jett no novo filme biográfico “The Runaways,” disse que ela sentiu um tremenda responsabilidade pessoal em capturar a essência de Jett.

“O impacto que a Bella teve no mundo não foi necessariamente tão grande quanto o da Joan, obviamente, e eu nunca cheguei a conhecer a Bella,” Stewart disse. “É completamente diferente. Todas essas pessoas que se espelham nessas mulheres, é incrível… mas quando se trata do lado pessoal e era a minha responsabilidade não destruir, tipo, a imagem que as pessoas vão ter da parte mais importante da vida da minha amiga… Joan se tornou de fato, uma parte enorme. Ela é incrível e eu amo ela. E se nós não contassemos a história direito, as pessoas da nossa geração não conhecem as The Runaways. E como ela vão conhecer através de nós, é uma experiência muito diferente do que a de fazer uma história original, porém fictícia.”

Falando de Bella, mesmo que ainda não tenha visto Eclipse ainda, o terceiro capítulo da Saga Twilight, Stewart nos deu seu parecer sobre o estilo do diretor David Slade no filme, que vai ser lançado nesse verão. “Ele é um diretor muito técnico. Muito. Muito. Ele pensa bastante. Eu acho que isso vai ser bom para Twilight, em termos de filmagens. Ele é muito conceitual. Ele leva muito muito tempo para… você não vai ver, tipo, um monte de cenas com camêra parada. É bem libertador, o que é muito legal. Isso te dá mais tempo para pensar sobre o que você está fazendo. Eu não sei [o tom] porque eu ainda não vi o filme.”

No “The Runaways,” Stewart sentiu uma ligação instantânea com Jett, em parte porque as duas vivenciaram o estrelado desde novas. “Nós somos profissionais [desde] novinhas, o que é difícil, mas ela [de] uma maneira tão diferente,” disse Stewart durante a roda de imprensa em Sundance para “The Runaways.” “Tipo, o maior problema que eu encaro são os bloggers e [Jett] tinha gente que atirava garrafas na cara dela e diziam tipo ‘Senta aí, sua gritona feiosa!’ E ver o quão segura de si ela é hoje e o fato de ela não ter sido sempre assim e isso exigiu muito… E o que ela conquistou agora uma armadura muito muito grossa, e você vê isso acontecendo no filme. Era isso que eu queria fazer… Ela é uma sobrevivente e ao mesmo tempo ela exige poder viver a vida dela da maneira que ela gosta. Ela é uma pessoa muito inteligente e inspiradora.”

Stewart tocava guitarra antes das filmagens começarem, mas não estava preparada para o rigor de tocar no filme. “Nós todas tivemos duas semanas que treinamento como banda e todas as meninas vieram. Eles tocavam as música que nós gravamos, acho que tinha 5 ou 6 que tínhamos que saber fazer. Eles tocavam as músicas nos auto-falantes, mas então nós tentávamos tocar elas feito uma banda. É exaustivo, principalmente com a guitarra. Eu ficava exausta no final dos ensaios. Eu ficava tipo ‘Ai meu ombro está me matando’.” Então não é nenhuma surpresa que embora ela cante muito bem no filme, Stewart disse que ela não tem planos de gravar um álbum próprio.

|Fonte

Entrevista da Kristen para a MTV no Sundance 2010 Legendada

Critico diz que a atuação da Kristen lembra Sean Penn e Leonard DiCaprio quando estavam no auge de suas juventudes

Os filmes que assisti foram o irregular “HappyThankYouMorePlease”, um filme escrito, dirigido e estrelado por Josh Radnor, do seriado “How I MEt Your Mother”; o engraçdo e comovente “Please Give”, estrelado por Nicle Holofcener; e o tocante e suave “Welcome To The Rileys”, que conta com a fascinante triade James Gandolfini, Melissa Leo e Kristen Stewart.

“HappyyThankYou” e “Rileys” envolviam pessoas que acidentalmente haviam se tornado guardiãs de uma pessoa jovem, ou encontravam-se obrigados a algo assim. No caso de “HappyTankYou”, Radnor interpreta Sam, um escritor de Manhattan, que encontra uma criança negra no metrô, enquanto está a caminho de um importante reunião. Quando a mãe da criança a abandona dentro do trem, Sam se vê obrigado a ajudá-la.

“Welcome to the Rileys” é ligeiramente semelhante. Gandolfini é um encanador de Indiana que se vê seus sentimentos paternais aflorarem quando encontrar uma jovem stripper (Stewart), quando ele está em uma convenção e New Orleans. Gandolfini e Leo são casados, e estão passando por algo que já vimos antes (atravessando dificuldades desde que sua filha adolescente morreu há alguns anos atras). “Rileys” não age como os outros dramas de Hollywood, ele é mais concentrado na vida de um casal de meia idade, que de repente resolvem ser pais de uma jovem problematica.

É também inteligente o bastante para não dar muita importancia ao distanciamente emocional entre Gandolfini e Leo: sem recriminações, ou raiva. Eles interpretam lindamente um casal que se perdeu no meio de sua trajetoria (embora ainda estejam tentando se reencontrar), enquanto Stewart agarra o seu papel com clareza e ferocidade. Stewart mostra uma nudez emocional e espiritual que nos faz lembrar de atores como Sean Penn e Leonard DiCaprio, quando estavam no auge da sua juventude.

|Fonte

Critica de Eric Ditzian (MTV) sobre WTTR, segundo ele a Kristen é “uma boa, boa atriz”

Rileys-Kristen-Stewart_300

Kristen Stewart está totalmente destemida em “Welcome to the Rileys”. Esse é o ponto de partida da estréia mundial do filme no Sundance Film Festival na tarde do último Sábado. Você pode se preocupar com coisas pequenas o quanto quiser com sua representação de adolescente de 16 anos que foge e vira stripper e prostituta. Mas você não pode fugir de ver e dizer que a atriz não se expõe fisicamente e emocionalmente sem medo, e que ela não faz isso com uma maturidade impressinante e com uma capacidade que te faz acreditar.

Trabalhando em quartos de “lap dance” e em moteis desleixados de New Orleans, a personagem de Stewart (nome real Allison, nome profissional Mallory, entre outros) é uma fugitiva danificada com uma boca suja e uma idéia ainda mais suja de como fazer dinheiro. Existe muito pouco de “sexy” nesta adolescente, conforme ela é usada por homens sem rosto; a câmera pega cada pústula, cada círculo escuro abaixo de seus olhos, cada fio de cabelo pegajoso que foi exposto à muita fumaça de cigarro do strip club e xampú não suficiente (e não, ela não fica nua nenhuma vez). A vida dela está sem direção até que um vendedor chamado Doug Reily (James Gandolfini) aparece e leva Allison debaixo de sua asa.

Doug também é um fugitivo, fugindo de um colapso que aconteceu em sua vida depois da morte de sua filha de 15 anos, um trauma que deixou sua esposa Lois (Melissa Leo) fechada e se sentindo culpada. Ele “limpa” Allison, recusa ofertas de sexo, e o que se desenvolve entre os dois é uma relação pai e filha nada funcional mas doce.

O que achar de Gandolfini? Por um lado, seu Doug apresenta um encantador mix de urso e filhote de cachorro, um homem sufocado por uma perda e lutando por um motivo para levantar a cada manhã. Por outro lado, ele tenta disfarçar – assim como facilmente retoma – um terrível sotaque sulista, dependendo da cena. O resultado é uma mistura frustrante de atuações que tinha muito potencial para ser ótima.

Melissa Leo, entretanto, não é nada menos que espetacular. Com uma expressão – o fechar dos olhos, o contorcer dos lábios – a atriz consegue comunicar exatamente o que Lois está sentindo, e ainda mais, ela consegue fazer o público sentir empatia por ela. As fala de Melissa Leo são alternativamente engraçados e de partir o coração, e você se apega à ela assim como a sua incapacitante ansiedade para se juntar à Doug em New Orleans e encontrar em Allison a filha que um dia perderam a domina.

O filme, sem dúvida, tem falhas, de problemas intermitentes à argumentos rompedores que parecem surgir de estórias contadas mais propriamente das relações e desenvolvimentos entre os personagens. Mas o roteiro, ainda bem, evita os clichês e finais de livros de histórias a quais poucos filmes devem ter cedido.

Em “Rileys,” os Twilighters não vão encontrar muito que choque, em vez do cumprimento de uma promessa que Stewart vem sugerindo desde “Panic Room” de 2002: a mulher é uma boa, boa atriz.

|Fonte

 

EXCLUSIVO! Joan Jett nos conta que Kristen Stewart é ‘pé no chão, autêntica e calorosa!’

Achamos que Kristen não é a garota emo que ela aparenta ser!

Kristen Stewart, 19 anos, pode parecer uma anti-social mal-humorada em fotografias, mas Joan Jett, 51 anos, diz que ela na verdade é muito divertida! Conversamos com Joan na premier de 24 de janeiro de The Runaways, em Park City, Utah, e ela nos contou como realmente foi trabalhar com (e ensinar) Kristen. “Eu a tinha visto em filmes e capas de revistas, mas não me empolguei com isso”, ela nos disse. “Achei-a pé no chão, autêntica e calorosa.”

Ela também disse que Kristen mal precisou receber algumas instruções quando assumiu o papel da roqueira Joan. “Eu não dei nenhuma dica a ela”, ela disse. “Ela me analisou, estudou a música da Runaways, me observou e ouviu minha voz. Dei a ela algumas gravações minhas falando… quando eu tinha 14 anos. Eu tinha um sotaque de Maryland/Pennsylvania que ela queria. Ela tinha fotos… livros… ela fez suas prórpias coisas.”

Uau! Quem diria que Kristen poderia ser tão aplicada nos estudos?

E como Joan se sentiu ao assistir a Kristen se tornar ela? “Achei que era realmente esquisito”, Joan admitiu.

|Fonte

PS: Quem escreveu a matéria não conhece nem um pouquinho da Kristen. #povodomal

Entrevista com a Kristen no tapete vermelho de TR no Sundance 2010

Entrevista da Kristen e da Dakota para a MTV no Sundance 2010

[FIXO]Kristen, Dakota, Joan e Cherrie no tapete vermelho de The Runaways no Sundance

image 96147631, Getty Images /Getty Images Entertainment96147807, Getty Images /Getty Images Entertainment96147796, Getty Images /Getty Images Entertainment96147794, Getty Images /Getty Images Entertainment96148092, Getty Images /Getty Images Entertainment96147790, Getty Images /Getty Images Entertainment96148084, Getty Images /Getty Images Entertainment96148054, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147810, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147819, Getty Images /Getty Images Entertainment96147815, Getty Images /Getty Images Entertainment96148090, Getty Images /Getty Images Entertainment96148086, Getty Images /Getty Images Entertainment96147699, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147694, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147690, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147686, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147680, Getty Images /Getty Images Entertainment

96147891, Getty Images /Getty Images Entertainment96148385, Getty Images /Getty Images Entertainment96147952, Getty Images /Getty Images EntertainmentKristen_jett_ap_60096147890, Getty Images /Getty Images Entertainment

96148480, Getty Images /Getty Images Entertainment

96148494, Getty Images /Getty Images Entertainment

96148506, Getty Images /Getty Images Entertainment

96148507, Getty Images /Getty Images Entertainment

96148535, Getty Images /Getty Images Entertainment

...

Ocorreu um erro neste gadget